Home » Documentação » Management » 1ª Edição Ram Charan - Leaders in Angola 2011

Informação do Curso

1ª Edição Ram Charan - Leaders in Angola 2011

Desenvolva um Processo efectivo para Executar com sucesso a sua Estratégia

Luanda, 14 de Abril de 2011

Management


Programa

Estimado/a Profissional

O iiR Angola têm a satisfação de dar continuidade ao Ciclo de Conferências de “Leaders in Angola”.

Após o sucesso dos gurus Tom Peters e David P. Norton temos o prazer de apresentar em Luanda um Especialista de máximo nível.

Ram Charan
Eleito como um dos 13 mais influentes pensadores do mundo pelo “Thinkers 50” em 2009

O nosso compromisso é levar até si uma das mentes mais estratégicas, conhecidas e reconhecidas pela sua perspectiva prática e real a nível mundial.

Ram Charan proporcioná aos empresários e instituições angolanas uma nova visão para apoiar o crescimento estratégico de Angola.

Esta oportunidade de interacção e comunicação com um dos mais importantes pensadores do mundo, será o ponto de encontro para criar, apoiar e desenvolver futuros projectos, fundamentais para o sucesso de qualquer organização.

Temos a certeza que iremos proporcionar através deste especialista informações valiosas e vantagens competitivas para o desenvolvimento e o sucesso de Angola.

Receba os nossos melhores cumprimentos,

Francesca Cattoglio - Directora Geral - iiR em Angola


Programa

ABERTURA DE HONRA

Sua Excelência Dr.  Abraão Pio dos Santos Gourgel - Ministro da Economia - MINISTÉRIO DA ECONOMIA DA REPÚBLICA DE ANGOLA

Como Executar e Implementar uma Estratégia

Sem EXECUÇÃO não se pode implementar uma estratégia.A EXECUÇÃO é a ligação entre a estratégia e os resultados. Sem EXECUÇÃO não há resultados.

A nível mundial, como se está a desenvolver a concorrência entre as empresas dos países industrializados e os novos países emergentes

Pratique um modelo que permitirá aos líderes debater as mudanças a nível global

  • Quais são as tendências imparáveis
  • Como está a ser construída a estrutura dos mercados emergentes
  • Que estratégias estão a ser desenvolvidas nos países emergentes fase aos países considerados mais desenvolvidos
  • Que necessitam saber as empresas nos países emergentes para reformular as suas estratégias
  • O que é a inovação reversa?
  • De que modo as companhias podem transformar a sua estratégia a nível nacional numa estratégia à escala global

A execução como uma vantagem competitiva. Para crescer neste novo mundo, a execução é obrigatória

Sem execução, não se pode aplicar/implementar uma estratégia. A execução é o elo entre estratégia e resultados. Sem execução, não há resultados. A cultura da execução é de missão crítica

  • Quais os hábitos/práticas frequentes daqueles que executam correctamente
  • Os processos sociais para uma execução sem falhas
  • Como criar passo a passo o seu guia para executar estratégias

Execução como uma vantagem competitiva: Como conseguir que as coisas sejam feitas e garantir os resultados

  • Os passos básicos para implementação da execução
  • De que modo a cultura de execução permite as empresas dos países emergentes reduzir custos a curto prazo e gerar mais receitas
  • Como gerar dinâmica e poupar muito tempo a partir da técnica da execução. Como reduzir as tarefas improdutivas e aumentar o potencial humano

Execução como uma vantagem competitiva: Criação de métricas que incentivam a execução

  • Como criar um sistema de revisões periódicas e seguir adiante
  • Quais são os principais problemas enfrentados para
  • implementar a execução. Saiba como solucioná-los

Horário

8.30h. Recepção dos assistentes 

9.00 – 9.15h. Abertura da Conferência pelo Presidente de Jornada
BAI - BANCO AFRICANO DE INVESTIMENTOS

9.15h. – 9.45h. Abertura de Honra
Sua Excelência Dr. Abraão Pio dos Santos Gourgel - Ministro da Economia - MINISTÉRIO DA ECONOMIA DA REPÚBLICA DE ANGOLA

9.45 - 17.15h. Intervenção Ram Charan

17.15h. Considerações finais e encerramento da Conferência

Pausas: Coffee Break 11.00h. – 11.30h. e às 16.00h. - 16.30h. Almoço 13.00h. - 14.30h.

Patrocinados pelo: BAI - BANCO AFRICANO DE INVESTIMENTOS

Oradores

Sua Excelência Dr.  Abraão Pio dos Santos Gourgel

Ministro da Economia

MINISTÉRIO DA ECONOMIA DA REPÚBLICA DE ANGOLA


Dr. Ram Charan

»Ver CV

Porque deve assistir

Sem execução ninguém consegue implementar uma estratégia. A execução é a ligação entre a estratégia e os resultados. Sem execução não há resultados

  • Os passos para implementar esta cultura
  • Dificuldades na implementação de uma cultura de execução
  • Uma companhia que executa bem, constrói uma marca própria
  • O mercado sempre reconhece as companhias que executam bem
  • Companhias e os mercados emergentes
  • A cultura de execução exige um conjunto de diferentes hábitos
  • Reavaliação dos seus hábitos
  • As diferenças entre empresas que executam bem e que não executam bem
  • Aprenda os Sete Passos da execução: cada um deles é essencial. Nenhum é mais importante do que o outro
  • As pessoas são pessoas: os líderes devem de conhecer as suas equipas
  • As recompensas que pode dar um CEO aos seus colaboradores

Patrocinadores

 

Banco Africano de Investimentos

Criado a 14 de Novembro de 1996, o BAI é hoje um Banco dinâmico com recurso às mais modernas tecnologias. Prestamos particular atenção à eficiência e personalização na abordagem do mercado, e trabalhamos para nos tornarmos parceiros indispensáveis do seu negócio. Empenhamo-nos no serviço atento às necessidades do segmento de Particulares e oferecemos soluções inovadoras para apoiar as PMEs (Pequenas e Medias Empresas) sem deixarmos de constituir referência incontornável entre os maiores grupos empresariais do país. Uma sólida equipa com profissionais dedicados e capacitados garante a nossa presença no mercado nacional e internacional. Com 78 balcões de atendimento em Angola, e três Centros de Atendimento à Empresas, o Banco está também presente em Portugal, com o BAI Europa, em Cabo Verde com o BAI Cabo Verde e com parcerias que asseguram negócios BAI em S. Tomé e Príncipe e no Brasil. Nos últimos dois exercícios económicos, o BAI duplicou o seu activo e consolidou a sua posição de líder em quota de mercado em Angola, com 25,1%. No final de 2009, o Banco apresentava um activo líquido na ordem dos USD 8.2 biliões, um crescimento de 9% relativamente a 2008. Ainda no mesmo ano, o Banco registou resultados líquidos de USD 231 milhões, 39% superior ao exercício anterior. O sucesso do modelo de negócio
implementado pelo BAI, o crescimento nos seus principais indicadores financeiros e a sua estratégia de internacionalização valeu, à organização, o prémio de melhor Banco de Angola em 2008 e 2009. Este prémio foi atribuído pela prestigiada revista The Banker, uma subsidiária do Grupo Financial Times que também considerou o investimento do BAI no segmento da microfinança – com a aquisição do NovoBanco – como um factor de diferenciação perante os seus pares da concorrência. Outra publicação mundial de informação especializada como a World Finance atribuiu, em 2010, pela primeira vez, a um Banco comercial, em categorias diferentes, o de melhor banco comercial e de investimentos em Angola. O BAI está classificado entre os maiores 1000 Bancos do mundo, é o 24º no ranking de África e foi apontado como o maior banco impulsionador de desenvolvimento do continente africano em 2010. É com grande prazer que o BAI partilha estes prémios com todos os seus parceiros sociais. No que toca a responsabilidade social, o BAI direcciona a sua atenção para sectores passíveis de dar garantias de sustentabilidade ao desenvolvimento equilibrado da sociedade, nomeadamente a cultura e o desporto, cientes de que o sucesso no sector bancário depende do compromisso sério que as instituições que o compõem mantêm com a comunidade no sentido de contribuírem para o seu desenvolvimento.

 

DIAMOND SPONSOR

Colaboradores

Media Partner:

Local e Preços

PASSE OURO (Individual)
Preço 1999Akz
PASSE CORPORATE (5 Passes Ouro)
Preço 8999Akz

Partilhar